​A Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE) inaugurou hoje (27/12), por meio da Diretoria de Postos e Terminais Fiscais (DPF), a nova unidade do Posto Fiscal de Xexéu, na Zona da Mata Sul do Estado. O espaço irá atender de modo mais eficiente o volume de veículos transportadores de cargas que trafegam na região, principal entrada de mercadorias por via terrestre em Pernambuco. Mais de 1.400 caminhões circulam no local por dia, na divisa com Alagoas, com uma arrecadação mensal de R$ 2,5 milhões ao Governo do Estado.

"A inauguração do posto é reflexo de uma política de melhoria progressiva na infraestrutura e no aperfeiçoamento da fiscalização de mercadorias em trânsito. Faz parte de uma série de ações adotadas ao longo desta gestão no combate à sonegação em Pernambuco", destacou o secretário da Fazenda, Marcelo Barros.

Cerca de 100 pessoas trabalham no Posto Fiscal de Xexéu, entre auditores, policiais militares, funcionários terceirizados e do setor administrativo. A unidade é responsável pela metade do total arrecadado nos sete postos fiscais do Estado. "Estamos combatendo a concorrência desleal e oferecendo ao contribuinte instalações modernas, confortáveis e com um atendimento mais ágil e eficiente", apontou o diretor de Postos e Terminais Fiscais (DPF) da Sefaz-PE, João Cruz.

De acordo com o coordenador da Administração Tributária da Sefaz-PE, Bernardo D'Almeida, o Posto Fiscal de Xexéu é uma obra das mais modernas dentre os fiscos brasileiros e servirá para otimizar o trabalho da DPF. "A Sefaz-PE avançou muito na gestão dos postos fiscais. Toda a equipe da DPF conseguiu trabalhar de forma primorosa, através de um modelo que talvez seja o mais moderno do Brasil. Pernambuco merece o Posto Fiscal de Xexéu, o maior e mais moderno do país. Este lugar é maravilhoso para se trabalhar, com instalações apropriadas para nossos servidores, policiais militares e terceirizados", comentou.

Por sua vez, o superintendente Administrativo e Financeiro da Sefaz-PE, Marcelo Sá, relembrou as dificuldades superadas para garantir a construção do novo posto. "Não foi fácil tocar o projeto depois de uma crise econômica. Acho que esse é um ganho. Somos o maior posto fiscal do Brasil e isso é muito gratificante. Coloquei como meta profissional a implantação desse projeto. Com o esforço de nossas diretorias, conseguimos transformar aqueles primeiros pilares em uma estrutura grandiosa", afirmou.

O secretário Executivo de Coordenação Institucional da Sefaz-PE, Leonardo Santos, também esteve presente no evento, assim como o gerente do posto, Paulo Macêdo, que elogiou os trabalhos da Polícia Militar no local, que nos últimos seis meses não registrou nenhuma ocorrência.

Desde julho de 2018, por meio da implantação do Canal Expresso Pernambuco, foi possível reduzir o tempo de espera dos caminhões nos postos fiscais, tendo sido adotado em maio, de forma experimental, na antiga unidade do Posto Fiscal de Xexéu. Para aderir ao modelo, que oferece guichês exclusivos, a empresa transportadora deve estar credenciada à Sefaz-PE, apresentando ao Fisco estadual o Termo de Adesão. Os motoristas das empresas cadastradas são dispensados da assinatura do Termo de Fiel Depositário.