A Secretaria da Fazenda de Pernambuco (Sefaz-PE) encerrou nesta terça-feira (21) o planejamento estratégico do ano de 2021. Sob a coordenação da Superintendência de Planejamento Estratégico da SEFAZ (SPE), o encontro foi marcado pelos resultados deste ano e a expectativa para o cenário econômico que iremos enfrentar em 2022. A reunião ocorreu de forma híbrida, no auditório do nono andar do Edifício Sede, no Recife e também foi transmitida pela plataforma Zoom. Colaboradores, secretários e diretores participaram do evento.

A SPE destacou que, para que a estratégia seja mensurada, é fundamental que os objetivos possam ser monitorados através de indicadores, já que um indicador bom comunica rapidamente a situação atual, facilitando a tomada de decisão, ao mesmo tempo em que motiva os envolvidos em direção ao atingimento dos objetivos. “O desdobramento da estratégia em indicadores auxilia o acompanhamento e atendimento de resultados desejados", explica a superintendente de Planejamento Estratégico, Daniella Myrian.

Na abertura do evento, o secretário Décio Padilha falou sobre a importância do planejamento estratégico nas gestões públicas e privadas. “O ano de 2021 só foi vencido graças ao planejamento estratégico, as grandes obras no mundo são executadas com esse tipo de organização, planejando cada área para o melhor resultado", frisou Décio quando abordava a importância de se planejar para cumprir as metas econômicas do estado.

Décio também destacou a conquista do ano de 2021 para a Sefaz-PE, a mudança de categoria da Capag do estado, que passou para “B". “Uma conquista que custou um trabalho árduo de cada um dos fazendários, trazendo à Pernambuco um conforto maior em suas contas", afirmou. Para o ano de 2022, destacou um cenário melhor se comparado aos anos iniciais da gestão e da pandemia de Covid-19. “Precisamos continuar a lutar por resultados ainda melhores, com os números melhorando, vamos trabalhar para um cenário fiscal ainda mais sólido".

Em seguida, o secretário executivo de Organização Institucional, Fábio Henrique, destacou os números da SCI no ano de 2021, enfatizando as parcerias com as mais diversas áreas, a fim de reduzir custos e apresentar os melhores resultados da SAFI, SGP, STI e SPE. “A Sefaz é o órgão do estado que obteve o melhor resultado no Índice de Governança de TI, apresentando melhores relatórios e informações corretas" Sobre o futuro da SCI, Fábio destacou: “Há muito tempo estamos pensando em uma melhor forma de gerir a área de Coordenação Institucional, em 2022 vamos contratar pelo Profisco uma consultoria para reestruturação de nossa área meio com diagnóstico de processos e estrutura e transversalizando com outros projetos em curso".

Flávio Mota, secretário executivo do Tesouro Estadual, apresentou o equilíbrio entre as receitas e as despesas. Ele abordou a evolução do estado de Pernambuco em relação a outros estados do Nordeste quanto ao equilíbrio fiscal nos cinco bimestres passados no ano de 2021. “Temos números animadores na saúde fiscal do estado, o trabalho de vocês foi fundamental para a conquista desses resultados, continuemos ainda melhores no próximo ano", destacou Flávio.

O coordenador da CAT, Anderson Freire, destacou a arrecadação de ICMS, com análises mês a mês e também trimestral, mostrando o crescimento nos números. Anderson enfatizou também o plano de Ação da área Tributária nas ações de todas as diretorias da CAT. “As conquistas vêm se consolidando, mostramos que temos a capacidade de sair de uma situação muito ruim por conta da Pandemia e podemos com o resultado eficiente do trabalho dos colegas termos um 2022 ainda melhor".

Finalizando a reunião, o secretário Décio Padilha destacou as conquistas de bons números em 2021, trazendo boas expectativas para o ano que está por vir. “Posso afirmar que cada fazendário teve participação nos gráficos positivos aqui apresentados, um ótimo Natal estaremos juntos e mais fortes no ano de 2022".

Destaque para as apresentações dos gerentes de Projetos estratégicos: Alfredo Ottoni e Walclécia Santos da SCI, Lucas Ventura e Jayro Santos da CTE e Stephanie Pereira e Ana Paula Francisca da CAT.​