A Secretaria da Fazenda de Pernambuco recebeu a 5º missão de Supervisão com BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento) para avaliar os primeiros seis meses da execução de 2022 do Projeto de Modernização da Gestão Fiscal do Estado de Pernambuco - PROFISCO II PE e planejar o restante do ano. Após dois anos, as reuniões voltaram ao formato presencial e ocorreram entre os dias 04 e 07 de julho no auditório do Edf. Sede da SEFAZ-PE.

Com uma abordagem voltada aos líderes dos principais produtos do Projeto, a reunião analisou a execução financeira, planejamento, marcos e pontos de atenção de produtos como o novo modelo de fiscalização, atendimento e recuperação de crédito, REDESIM, Portal Único do Comércio Exterior, Novo Sistema de Gestão de Folha de Pagamento, Espaço Memorial Sefaz, Reestruturação da Secretaria Executiva de Coordenação Institucional, entre outros.

Para atingir os objetivos da Missão, foram necessários quatro dias de entrevistas e reuniões técnicas com líderes de produtos PROFISCO. O intuito era avaliar como estão trabalhando na execução do projeto e prevendo a execução física e financeira de cada um dos produtos. "Com o enfoque em pautas técnicas e de planejamento, o encontro trouxe o banco para junto do Estado com o objetivo de realizar um monitoramento mais próximo, além de analisar se existem riscos de descontinuidade do produto devido à mudança de governo", relatou a coordenadora técnica, Daniella Myrian.

O evento contou ainda com a participação da especialista chefe da equipe do BID Cristina MacDowell, Juliana Arruda, Soraya Naffah, Liliam Dobben além da equipe de Coordenação da SEFAZ, a coordenadora técnica, Daniella Myrian e o coordenador geral, o Secretário Executivo de Coordenação Institucional Fábio Henrique Soares, além dos demais membros da equipe técnica da UCP (Unidade de Coordenação do PROFISCO).​