Para a empresa se tornar emissora de NF-e deverá solicitar o credenciamento à Secretaria da Fazenda por meio do site www.sefaz.pe.gov.br, acessando a ARE Virtual e  “logar” utilizando o CPF e o certificado digital do responsável pelo acesso à Sefaz-PE (geralmente o contador da empresa efetua esta solicitação), da seguinte maneira:

Em Menu Principal:
>NF-e/CT-e / Documentos Fiscais Eletrônicos
  >Credenciar Contribuinte como Emissor de Documento Fiscal Eletrônico
    > Inserir a Inscrição Estadual da empresa
 
Em Tipo de credenciamento Selecione a opção :
 
1- Ambiente de Testes: 38- NF-e Ambiente de Homologação Nota Fiscal Eletrônica
    2- Ambiente de Produção: 39- NF-e Ambiente de Produção Nota Fiscal Eletrônica
     
    Em Observação : Informar o motivo da solicitação.
     
O deferimento em ambiente de homologação da NF-e será automático, porém, devido ao sincronismo dos sistemas e-fisco X NF-e, a empresa estará apta a emissão dos testes no dia seguinte à solicitação.
O contribuinte deverá emitir 10 (dez) testes, no mínimo.
Após a conclusão de 10 testes, a empresa terá deferimento do o credenciamento 39- NF-e Ambiente de Produção, porém, devido ao sincronismo dos sistemas e-fisco X NF-e a empresa estará apta a emissão de NF-e em Ambiente de Produção, no dia seguinte ao diferimento do credenciamento no e-fisco (ARE VIRTUAL).
 
Ao obter o credenciamento em Ambiente de Produção, o contribuinte não perde o credenciamento em Ambiente de Teste, este ambiente sempre ficará disponível.